sexta-feira, 1 de abril de 2011

Satã


24.

Se S. João está certo –
¿e porque não havia de estar?
... foi amante do Nazareno
, testemunha do Santo-Corpo...
 –, o Apocalipse que nos anuncia,
não despacha para um destino adiado o
efectivo fim-das-contas: invasão da Terra
por esqueletos excitados em dia de juízo-final
ou o rasgar do último selo de compromisso com o divino.
Saí do metropolitano na estação de São Sebastião,
ocorreu-me as setas que lhe trespassam o torso.
Ouvi com os olhos da evidência,
a última trombeta desta era.
® 

Sem comentários: