sábado, 28 de agosto de 2010

Satã




















#20


Se Deus quisesse que os seres que não têm asas
voassem, Deus teria desenhado alas para os seres que
não as têm. E
, se foi Deus que criou os seres com asas e os seres que não,
jamais desprezaria nos Seus rascunhos de presentear ansas aos que
não as têm, fosse essa a Sua paixão
. Deus quis que uns seres adejassem e outros não.
Deus quis que os entes na Terra fossem desiguais
, nos corpos e nos poderes. Por isso, os engenhos de voo que os
inteligentes criaram para chegar ao céu sem corpo para isso,
são formas obscuras, subtis, de contrariar Deus e os seus desenhos.
Obstruir os desejos do Arquitecto, mesmo que por habilidade e génio,
não significa aproximar a existência terrena da altura divina.
Simplesmente, ao cancelar o critério da criação, os seres de maquinismo
morrem para Deus e afastam-se do que é natural e dourado de proporção.
Do Alto, apenas alados cavaleiros de espada deveriam contemplar.

Frederico Mira George

1 comentário:

Maria Lina disse...

"se Deus quisesse que os seres que não têm asas voassem..."
Mas, aí, é que andas equivocado, amigo Frederico! E não me refiro ao avanço das novas tecologias, nas estradas do espaço!...
Não é próprio de um poeta cingir o seu pensamento à interpretação literal das palavras que, à priori, nos revelam o sentido imediato, sensível e tangível das coisas que são miragens de algo bem mais profundo.
Quem ousar cortar as asas
ao pensamento e ao espírito,
apenas vai tropeçar
na matéria existente,
sentindo-se descontente
e até triste e mal disposto,
consigo e com toda a gente,
não conseguindo cantar,
mas somente simular
sua dor e seu desgosto.

Desejo enfrentes a Luz
e deixes teus Óculos Escuros.
SÓ O BELO NOS SEDUZ!
Abraço amigo
Maria Lina