sábado, 6 de março de 2010

Corvo

# 17 Uma romã púrpura entre arbustos que um céu perfeito, alinhado , recebe vigoroso. E atento. Para sempre. Tudo exalta a vida do futuro que será igual à de outrora: o redondo descanso da flor redonda.

Sem comentários: