domingo, 20 de março de 2011

Satã


12.

Ocupar uma Só divisão no fogo, implica conceder
a cada parede uma janela extensíssima,
por onde passe vento, a luz... quando há luz, o
som dos gritos na rua... quando há gritos na rua,
e fruir uma cama que se compare a uma nuvem
onde se consiga distinguir a humanidade inteira
e de onde tudo possa ser apetecido tão alto
se está do que mundano é
no dia-a-dia rústico das Cidades Colonizadas.
Conseguido, a divisão confinada dessa casa,
transforma-se num inflamar de olhos e peito
fazendo «Abril» para sempre uma Lua, Cheia-de-Março.
®

Sem comentários: